Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
MP-SP abre inquérito para apurar causa do desabamento no Tietê
01/02/2022 20:20 em Tragédia

A Promotoria de Justiça de Habitação e Urbanismo do MP-SP (Ministério Público de São Paulo) instaurou inquérito civil para apurar as causas do acidente que aconteceu nesta 3ª feira (1º.fev.2022) na linha 6 do Metrô. De acordo com o MP-SP, a Defesa Civil deverá informar sobre a existência de risco nos imóveis residenciais e empresariais existentes no entorno. A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) e a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) deverão prestar esclarecimentos sobre a rede de esgoto e ordenação do trânsito na região.

Imagem de satélite mostra o local em que parte da Marginal Tietê, em São Paulo, desabou Em nota, a Sabesp informou que todas as medidas necessárias para a contenção do problema e a estabilização da pista da Marginal Tietê estão sendo tomadas. Segundo a estatal, foi criado um comitê que investigará a causa do incidente. Esse comitê ainda fará estudos com soluções técnicas para a realização de obras de drenagem, recuperação para a retomada das obras do Metrô e consertos da tubulação e da Marginal Tietê. A tubulação, que foi rompida, é responsável por encaminhar o esgoto coletado para tratamento na ETE Barueri. Técnicos da Companhia trabalham no momento para desviar o esgoto para outros interceptores.

Vazamento

De acordo com o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Paulo José Galli, o rompimento na galeria de esgoto que passa no sentido transversal ao túnel da obra do Metrô abriu a cratera na Marginal Tietê. Informações iniciais do Corpo de Bombeiros apontavam que o “tatuzão”, máquina utilizada para a escavação do túnel, havia rompido uma adutora, que alagou a galeria. No entanto, o secretário afirma que o equipamento passava 3 metros abaixo da galeria e não houve choque com a adutora. Informou também que uma auditoria já foi aberta para identificar exatamente o que aconteceu no local e adotar as medidas cabíveis neste caso. Entenda O desmoronamento na obra da linha 6 do Metrô de São Paulo abriu uma cratera na Marginal Tietê na manhã desta 3ª feira (1º.fev) e interditou a marginal. A obra do metrô começou em 2015 e foi paralisada em 2016, depois de problemas com o contrato do consórcio Move São Paulo. Foi retomada em outubro de 2020, com a Acciona, e tem previsão de entrega em 2025.

Leia mais em: https://www.msn.com/pt-br/noticias/brasil/mp-sp-abre-inqu%C3%A9rito-para-apurar-causa-do-desabamento-no-tiet%C3%AA/ar-AATnnSo?ocid=msedgntp

Fonte: Poder360 & MSN

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!